....

"A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida"
( Vinícius de Morais)

15 março 2009

Rede e mar


Dias de irritação...não!

A calmaria é de rede e mar- tranquilidade. Desejei isso a um conhecido em seu aniversário e tomei-o pra mim. Quando a procura é incessante por algo que não sabemos ao certo o que seja, e essa procura se finda quase da mesma forma que se fez existir- sem datas, percebe- se a vida mais leve. A verdade é que sempre se acha aquilo que diretamente não se procura: A felicidade. É só dar-lhe o tempo da chegada. Sempre sobra para o 'vento'trazer o que desejamos. A música se torna o carrossel dos sonhos, e ou, pesadelos.


Tristeza não tem
fim

Felicidade sim...
A felicidade é como a
pluma

Que o vento vai levando pelo
ar

Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem
parar.

(Música: Tom JobimLetra: Vinicius de Moraes)